sábado, 28 de setembro de 2013

Feliz sábado: Eu sei, mas não devia...

Olá, 
um ótimo final de semana a todos que visitam este humilde espaço!


"Eu sei que a gente se acostuma. Mas não devia.

A gente se acostuma a morar em apartamentos de fundos e a não ter outra vista que não as janelas ao redor. E, porque não tem vista, logo se acostuma a não olhar para fora. E, porque não olha para fora, logo se acostuma a não abrir de todo as cortinas. E, porque não abre as cortinas, logo se acostuma a acender mais cedo a luz. E, à medida que se acostuma, esquece o sol, esquece o ar, esquece a amplidão.

A gente se acostuma a acordar de manhã sobressaltado porque está na hora. A tomar o café correndo porque está atrasado. A ler o jornal no ônibus porque não pode perder o tempo da viagem. A comer sanduíche porque não dá para almoçar. A sair do trabalho porque já é noite. A cochilar no ônibus porque está cansado. A deitar cedo e dormir pesado sem ter vivido o dia.

A gente se acostuma a abrir o jornal e a ler sobre a guerra. E, aceitando a guerra, aceita os mortos e que haja números para os mortos. E, aceitando os números, aceita não acreditar nas negociações de paz. E, não acreditando nas negociações de paz, aceita ler todo dia da guerra, dos números, da longa duração.

A gente se acostuma a esperar o dia inteiro e ouvir no telefone: hoje não posso ir. A sorrir para as pessoas sem receber um sorriso de volta. A ser ignorado quando precisava tanto ser visto.

A gente se acostuma a pagar por tudo o que deseja e o de que necessita. E a lutar para ganhar o dinheiro com que pagar. E a ganhar menos do que precisa. E a fazer fila para pagar. E a pagar mais do que as coisas valem. E a saber que cada vez pagar mais. E a procurar mais trabalho, para ganhar mais dinheiro, para ter com que pagar nas filas em que se cobra.

A gente se acostuma a andar na rua e ver cartazes. A abrir as revistas e ver anúncios. A ligar a televisão e assistir a comerciais. A ir ao cinema e engolir publicidade. A ser instigado, conduzido, desnorteado, lançado na infindável catarata dos produtos.

A gente se acostuma à poluição. Às salas fechadas de ar condicionado e cheiro de cigarro. À luz artificial de ligeiro tremor. Ao choque que os olhos levam na luz natural. Às bactérias da água potável. À contaminação da água do mar. À lenta morte dos rios. Se acostuma a não ouvir passarinho, a não ter galo de madrugada, a temer a hidrofobia dos cães, a não colher fruta no pé, a não ter sequer uma planta.

A gente se acostuma a coisas demais, para não sofrer. Em doses pequenas, tentando não perceber, vai afastando uma dor aqui, um ressentimento ali, uma revolta acolá. Se o cinema está cheio, a gente senta na primeira fila e torce um pouco o pescoço. Se a praia está contaminada, a gente molha só os pés e sua no resto do corpo. Se o trabalho está duro, a gente se consola pensando no fim de semana. E se no fim de semana não há muito o que fazer a gente vai dormir cedo e ainda fica satisfeito porque tem sempre sono atrasado.

A gente se acostuma para não se ralar na aspereza, para preservar a pele. Se acostuma para evitar feridas, sangramentos, para esquivar-se de faca e baioneta, para poupar o peito. A gente se acostuma para poupar a vida. Que aos poucos se gasta, e que, gasta de tanto acostumar, se perde de si mesma."

(1972)Marina Colassanti



Fiquem com Deus e até mais...

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Diário da Kika: dores novas

Olá,

quem já leu as publicações anteriores do "diário da Kika" sabe da minha relação de amor e ódio com o balé; e já tem um tempo que isto não é assunto por aqui.
Bem, devido a minha instabilidade emocional, vez ou outra eu abandono o balé por uma semana ou duas e sempre que isto acontece o retorno é traumático pois o corpo não acostuma ao esforço e eu sinto dores horríveis.
Quando comecei a fazer balé o que me doía eram os joelhos, porém os vilões da vez são meus tornozelos; estou quase no final do segundo ano e no próximo, se tudo correr como esperado, eu devo subir nas pontas então estamos fazendo muitos exercícios de elevação (ficar na meia ponta) em uma perna só - o que tem castigado meus tornozelos. Felizmente, ontem só fomos eu e uma outra menina na aula e com isso a professora pode prestar mais atenção na gente e com isso corrigir os erros recorrentes. Não vou dizer que melhorou 100% mas ajudou muito. No entanto, ontem, eu estava sentindo minhas pernas muito pesadas o que me fez interromper a sequência mais de uma vez - deve ser má circulação.
Em resumo, penso em desistir do balé todos os dias mas essa ideia desaparece no instante em que a aula começa.
Alguns passos são difíceis e temos maior dificuldade mas com a prática se tornam, não mais fáceis, mas mais naturais e sentimos orgulho de nós mesmas quando a executamos com perfeição!
Minha professora diz que sempre vai ser assim, quando vencemos uma dificuldade surge uma nova pois sempre estamos trabalhando em nosso limite que uma vez superado ele avança...






Fiquem com Deus e até mais...

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Almoço de domingo

Olá,

meus cunhados haviam combinado conosco um churrasco lá em casa mas tem chovido tanto por aqui que estou quase me sentindo em Forks, então eles trouxeram um salmão para assar.


Para acompanhar este peixe maravilhoso, fiz bastante salada:


Foi ótimo variar um pouco o cardápio, ainda mais nessa época que nós gaúchos costumamos exagerar nas carnes vermelhas.

E vocês, gostam de peixe?

Fiquem com Deus e até mais...

sábado, 21 de setembro de 2013

Feliz Sábado: Credenda

Olá,


a reflexão de hoje é um trecho do livro O maior Presente Do Mundo de OG Mandino e Buddy Kaye

CREDENDA

"Afaste-se das multidões e de sua busca vã de fama e ouro.
Jamais olhe para trás ao fechar a porta do lamentável tumulto da ganância e ambição.
Limpe as lágrimas dos seus fracassos e infortúnios.
Largue o seu pesado fardo e descanse até que seu coração esteja sereno.
Fique em paz.Já é mais tarde do que imagina,pois a sua vida terrena, na melhor das hipóteses ,é apenas um piscar de olhos entre duas eternidades.
Não tenha medo. Nada nesse mundo poderá prejudicá-lo, a não ser você mesmo.
Faça o que teme e exulte com essas vitórias com o devido orgulho.
Concentre suas energias. Estar em toda parte e não estar em parte alguma.
Seja zeloso do seu tempo, já que é seu maior tesouro. Reconsidere seus objetivos. Antes de lançar seu coração com grande empenho em qualquer coisa, verifique o quão felizes são aqueles que já possuem o que você deseja.
Ame sua família e conte suas bênçãos.Ponha de lado os sonhos impossíveis e trate de concluir a tarefa à mão, não importa o quão desagradável possa ser. Todas as grandes realizações foram alcançadas através do trabalho e da espera. Seja paciente. Os atrasos de Deus jamais são negativas de Deus. Espere. Persista. Saiba que o pagador está sempre por perto.
O que semear,bom ou mau, será o que irá colher. Jamais culpe os outros pelas condições em que você se encontra.
Você é o que exclusivamente em decorrência de sua s próprias opções.
Aprenda a conviver com a pobreza honesta, se necessário for, dedique-se a coisas mais importantes do que transportar ouro para a sepultura.Jamais enfrente os problemas pela metade.
A ansiedade e a ferrugem da vida; quando se acrescentam os fardos de amanhã aos de hoje, eles se tornam insuportáveis. Evite o muro das lamentações e dê graças, em vez disso, ás suas derrotas. Não as teria recebido se não estivesse precisando.
Sempre aprenda com os outros. Aquele que ensina a si mesmo tem um tolo como mestre. Seja cauteloso. Não sobrecarregue a sua consciência. Conduza a sua vida como se a passasse numa arena repleta de tagarelas.
Evite se gabar. Sempre que encontrar em si mesmo algo que o encha de orgulho, examine atentamente vai descobrir mais do que o suficiente para ficar humilde. Seja sensato. Compreenda que os homens não são criados iguais, porque não existe igualdade na natureza; contudo, jamais nasceu qualquer homem cujo trabalho não tenha nascido junto.
Trabalhe todos os dias como se fosse o primeiro, ao mesmo tempo em que trata as vidas em contato com a sua como se todas fossem terminar a meia-noite.
Ame a todos, até mesmo aqueles que o negam, pois o ódio é um luxo que não se pode permitir. Procure ajudar e confortar os necessitados.
Saiba que aquele que da com uma das mãos vai receber com as duas. Esteja sempre de bom ânimo.
Acima de tudo, lembre-se de que é necessário muito pouco para uma vida feliz. Procure. Alcance. Apegue-se a Deus e percorra serenamente a sua trilha para a eternidade com lucidez e um sorriso.
Quando partir, que todos digam que o seu legado foi um mundo melhor do que aquele que encontrou."


Fiquem com Deus e até mais...

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Churrasco na Ronda Crioula 2013

Olá,

hoje, aqui no RS é feriado.



Em 20 de setembro de 1835, os farroupilhas, liderados por Bento Gonçalves, venciam o confronto da Ponte da Azenha e entravam na província de Porto Alegre. Iniciou-se a Guerra dos Farrapos, o mais duradouro conflito armado da história do Brasil, que resultou na declaração de independência do Estado do Rio Grande do Sul, dando origem à República do Piratini, que durou cerca de sete anos.


A Guerra dos Farrapos, também chamada de Revolução Farroupilha, é omais longo conflito armado ocorrido em território brasileiro (teve início em 1835 e terminou em 1845). É considerada uma das mais importantes passagens da história do Rio Grande do Sul, um marco da formação social e política do Estado. A importância do dia 20 de setembro é tão grande que em 1978 foi decretado feriado em todo o Estado pela lei estadual 4.453/78.


Durante toda a semana os Centros de Tradições Gaúchas (CTGs) realizam eventos alusivos à data.
A ideia é ressaltar a tradição local e para isso usamos roupas típicas, ouvimos música regionalista e dançamos ao som das mesmas os rítimos locais, tudo isso enquanto o churrasco está assando e o chimarrão rola solto na roda.

A secretaria municipal para o qual presto serviço (sou funcionária pública) possui um piquete no CTG mais famoso do município - o Rancho da Saudade. Piquete é um galpão rústico, usado para reuniões tracionais, 


Ontem foi o dia de nossa Secretaria realizar seu churrasco no piquete;



Enquanto o churrasco não fica pronto o jeito é matear:


Quando a chaleira chia, a água está pronta pro mate.


Eu não tomo chimarrão, mas meu marido gosta.

A medida que a carne ficava pronta o assador cortava os pedacinhos, e a gente ía comendo com farofa - assim da gamela mesmo:



Meu marido e eu fomos para lá cedo, logo depois do expediente, mas a maioria passou em casa primeiro e foi chegando aos poucos ao acampamento que só lotou quando já havia caído a noite. Aí que serviram, de verdade, o churrasco junto com as saladas.


Figurino da vez:


As prendas usam vestido, que é comprido e rodado para valorizar as danças; este meu é mais moderno com detalhes de favo de mel no peito, mas tradicionalmente ele tem muitos babados e mangas bufantes.
Nos pés o mais comum é usar sapatilhas de invernada - que tem um saltinho - eu tenho mas como trabalhei o dia todo vestida assim preferi usar essas botinhas que são mais confortáveis.


Até se usa os cabelos soltos, mas o mais comum é usar penteados - geralmente com transas; esse coque parece complicado mas é muito fácil de fazer e fica lindo - aprendi no canal "Secretos de chicas" (http://www.youtube.com/user/Secretosdechicas). 
Seja solto ou preso o que não pode faltar é um arranjo de flor pra enfeitar.


Os peões usam camisa, bota de cano longo, bombacha (essas calças largas, sempre por dentro das botas) às vezes com detalhe dos lados, guaiaca (que é um sinto com um bolsinho que era usado para carregar moedas) chapéu e lenço no pescoço (nesse caso meu marido não tem). Usam-se lenços de várias cores mas o mais comum é o vermelho, pois era a cor que os soldado farroupilhas usavam durante a guerra que deu origem ao feriado.

Quando a noite cai, o frio aumenta e há que se colocar um agasalho:





Alguns objetos de campanha:




A cultura Tradicional Gaúcha é muito rica e não dá pra falar de tudo num único artigo!

Fiquem com Deus e até mais...










segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Nas unhas: glíter azul

Olá,

como romântica que sou, vez por outra me rendo ao candy color, e este azul da Risquè é um dos meus queridinhos; 
no entanto ele é opaco por isto cobri com este glíter também azul da Big Universo, que eu tenho há um tempão.





Eu usei: Cigarrete da Risquè & Glíter azul da Big Universo

E qual é o seu esmalte da semana?

Fiquem com Deus e até mais...

domingo, 15 de setembro de 2013

Sessão com produtos Mary Kay

Olá,

ontem meu marido eu fomos visitar a irmã dele.
Nossa sobrinha se tornou recentemente representante dos produtos Mary Kay e eu recebi uma sessão de beleza com os produtos da marca.
A linha que testei foi a de cuidados com a pele anti-idade Timewise; testei produtos para o rosto e para as mãos.
Com os produtos para esfoliação a gente já sente de cara que a pele respira mais, refresca.
Também experimentei uma base mate, que aparentemente casou bem com a minha pele.
Todos os produtos espalham bem e uma pequena quantidade dá para o rosto todo.

Eu ainda não havia usado nenhum produto da marca e claro que não dá pra saber só tendo usado uma vez, mas foi muito bom experimentar.
Ganhei amostrinhas de dois produtos para testar:

Quando tiver testado conto pra vocês...


Como é gostoso cuidar da gente!


Meu marido experimentou umas amostras de perfume, não resistiu e acabou encomendando um.

E vocês, já usaram algum produto desta marca? O que acharam?

Fiquem com Deus e até mais...

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Feliz Sábado: Um dia você aprende [fragmento]

Olá,

a todos os meus leitores um ótimo final de semana.
Deixo-lhes como reflexão um texto de um dos meus escritores favoritos: William Shakespeare
Não se assustem com o tamanho, vale a pena ler até o fim!

"Um dia você aprende… 

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança ou proximidade. E começa aprender que beijos não são contratos, tampouco promessas de amor eterno. Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos radiantes, com a graça de um adulto – e não com a tristeza de uma criança. E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, pois o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, ao passo que o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.
Depois de um tempo você aprende que o sol pode queimar se ficarmos expostos a ele durante muito tempo. E aprende que não importa o quanto você se importe: algumas pessoas simplesmente não se importam… E aceita que não importa o quão boa seja uma pessoa, ela vai ferí-lo de vez em quando e, por isto, você precisa estar sempre disposto a pedoá-la.
Aprende que falar pode aliviar dores emocionais. Descobre que se leva um certo tempo para construir confiança e apenas alguns segundos para destruí-la; e que você, em um instante, pode fazer coisas das quais se arrependerá para o resto da vida. Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias, e que, de fato, os bons e verdadeiros amigos foram a nossa própria família que nos permitiu conhecer. Aprende que não temos que mudar de amigos: se compreendermos que os amigos mudam (assim como você), perceberá que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou até coisa alguma, tendo, assim mesmo, bons momentos juntos.
Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito cedo, ou muito depressa. Por isso, sempre devemos deixar as pessoas que verdadeiramente amamos com palavras brandas, amorosas, pois cada instante que passa carrega a possibilidade de ser a última vez que as veremos; aprende que as circunstâncias e os ambientes possuem influência sobre nós, mas somente nós somos responsáveis por nós mesmos; começa a compreender que não se deve comparar-se com os outros, mas com o melhor que se pode ser.
Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que se deseja tornar, e que o tempo é curto. Aprende que não importa até o ponto onde já chegamos, mas para onde estamos, de fato, indo – mas, se você não sabe para onde está indo, qualquer lugar servirá.
Aprende que: ou você controla seus atos e temperamento, ou acabará escravo de si mesmo, pois eles acabarão por controlá-lo; e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa o quão delicada ou frágil seja uma situação, sempre existem dois lados a serem considerados, ou analisados.

Aprende que heróis são pessoas que foram suficientemente corajosas para fazer o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências de seus atos. Aprende que paciência requer muita persistência e prática. Descobre que, algumas vezes, a pessoa que você espera que o chute quando você cai, poderá ser uma das poucas que o ajudará a levantar-se. (…) Aprende que não importa em quantos pedaços o seu coração foi partido: simplesmente o mundo não irá parar para que você possa consertá-lo. Aprende que o tempo não é algo que possa voltar atrás. Portanto, plante você mesmo seu jardim e decore sua alma – ao invés de esperar eternamente que alguém lhe traga flores. E você aprende que, realmente, tudo pode suportar; que realmente é forte e que pode ir muito mais longe – mesmo após ter pensado não ser capaz. E que realmente a vida tem seu valor, e, você, o seu próprio e inquestionável valor perante a vida. "

 Willian Shakespeare




Fiquem com Deus e até mais...

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Momento Saúde: Vitamina Turbinada

Olá,

em vez de tomar aqueles shakes dietéticos, que geralmente não tem gosto bom e não adiantam de nada, que tal uma opção saudável e deliciosa que também pode substituir uma refeição?

Aí vão os ingredientes da minha Vitamina Turbinada:

banana: eu usei duas banana-maçã - que é pequeninha; mas você pode usar a de sua preferência e usar a quantidade conforme o tamanho da banana.



Uma maça: eu só gosto de maçã fuji, mas você escolhe a qualidade que melhor lhe agrada.




Mamão: no caso do formosa, que eu usei, uma fatia é suficiente mas se for o papaia pode usar a metade.






Aveia: esta que eu usei vem embalada em saquinhos, mas no caso de vocês terem outro tipo podem usar duas colheres de sopa.








Dois copos de Ades Original: eu não tomo leite pois tenho intolerância mas se preferirem podem usar.




Piquem todos os ingredientes e batam no liquidificador (pode ser tudo de uma vez).
Você pode adoçar com mel; eu não coloquei pois a aveia que utilizei  já tinha.




Rende dois copos de aproximadamente 500ml.


Meu marido que nem faz dieta adora!

Fiquem com Deus e até mais...











quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Chegou pelo correio: Acústico 2 Roupa Nova

Olá,

estou aqui, depois de um bloqueio criativo, para mostra-lhes mais uma compra feita pela internet que chegou.

Foi a primeira vez que comprei através do site buscape.com.br (na loja cd poit).

Eu fiz esta compra na semana passada, só não lembro o dia, e chegou ontem:


Chegou numa caixa e enrolado em plástico bolha;
e eles ainda me mandaram junto com a nota de compra o cupom fiscal.


Meu marido estava doido atrás do DVD Acústico 2 do Roupa Nova e não encontrava em lugar nenhum:


Um dos meus passatempos favoritos é garimpar coisas "impossíveis de encontrar" na internet - é meio que um desafio.


Encontrei o produto no catálogo de várias lojas mas estava indisponível, até que  encontrei através do Buscapé esta loja que tinha em estoque.
Mês passado meu marido me deu uma sapatilha nova de balé então decidi dar de presente pra ele;
e cá pra nós, o presente é meu também pois sou fã desta banda de MPB desde antes de eu me entender por gente.

A propósito, eles estarão em Porto Alegre no dia 28/09 e adivinhem quem já está com o ingresso comprado pra ir?
Estou muito feliz pois curto a banda há 15 anos e é a primeira vez que vou a um show deles;
é emoção demais pra este coração descompassado!

Fiquem com Deus e até mais...


sábado, 7 de setembro de 2013

Feliz Sábado: A Borboleta Azul

Olá,

gostaria de desejar aos meus leitores um excelente final de semana e para isto trouxe um texto para reflexão.
Lembrando que, antes de ser um texto para vocês refletirem, é também para mim.



A Borboleta Azul

Havia um viúvo que morava com suas duas filhas curiosas e inteligentes.
As meninas sempre faziam muitas perguntas.
Algumas ele sabia responder, outras não. 
Como pretendia oferecer a elas a melhor educação, mandou as meninas passarem férias com um sábio que morava no alto de uma colina. 
O sábio sempre respondia todas as perguntas sem hesitar. 
Impacientes com o sábio, as meninas resolveram inventar uma pergunta que ele não saberia responder.
Então, uma delas apareceu com uma linda borboleta azul que usaria para pregar uma peça no sábio.
- O que você vai fazer? - perguntou a irmã.
- Vou esconder a borboleta em minhas mãos e perguntar se ela está viva ou morta.
- Se ele disser que ela está morta, vou abrir minhas mãos e deixá-la voar.
Se ele disser que ela está viva, vou apertá-la e esmagá-la.
E assim qualquer resposta que o sábio nos der estará errada! 
As duas meninas foram então ao encontro do sábio, que estava meditando. 
- Tenho aqui uma borboleta azul. Diga-me sábio, ela está viva ou morta? 
Calmamente o sábio sorriu e respondeu: 

- Depende de você...ela está em suas mãos.
 



domínio público



Fiquem com Deus e até mais...



sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Livrinhos: He - A Chave do Entendimento da Psicologia Masculina

Olá,

quem me acompanha desde sempre e leu este artigo  http://kikalealbutterfly.blogspot.com.br/2013/01/surpresa-e-video.html
pode talvez lembrar, também, desta foto:



Eu explico tudo no artigo lincado acima, mas para não deixá-lo no vácuo eu posso resumir dizendo que esta modesta pilha de livrinho apareceu na mesa do meu escritório e eu decidi que ia ler todos eles.

Bem, na ocasião devia ser dia dois de janeiro e eu ainda não dei conta da tal pilha. Claro que me dediquei a outras leituras durante o ano e os "livrinhos" permanecem na estante do escritório a minha disposição caso eu queira ler um dia; deixo eles lá para quando eu não tiver nenhum outro livro na minha bolsa e me bater a vontade súbita de ler alguma coisa.

De uma semana para cá elegi  He - A Chave do Entendimento da Psicologia Masculina para ser minha leitura de bolsa e de banheiro.



Hoje vim aqui para falar-lhes das minhas impressões.

O que esperar de um livro que aborda traços da Psicologia Masculina, publicado pela Mercuryo em 1987?
Sinceramente eu não esperava nada -eu só queria ler- achei interessante um livro que fala de homens, pois sempre dizem que nós é que somos complexas e existem milhares de livros dedicado ao universo feminino.

Trata-se de uma análise do indivíduo do sexo masculino tendo como base um mito francês sobre o Santo Graal. Enquanto conta para nós este mito o autor vai traçando o perfil psicológico masculino.

Você pode pensar que um livro de psicologia de quase 30 anos deve estar meio ultrapassado, eu não o culpo, pensei o mesmo e confesso que a leitura não acrescentou muito à minha vida neste aspecto, mas foi interessante por outro lado saber, ainda que superficialmente, algum coisa sobre o mito do Santo Graal ademais, eu tenho uma peculiaridade ao ler: gosto de estar sempre lendo alguma coisa, não importa o quê.

Ele é fino, possui pouco mais de 100 páginas e uma fonte e espaçamentos bem grandes. Eu levei uma semana para ler, primeiro, porque sou lerda mesmo e, segundo, porque só lia em momentos de tempo perdido como dentro do ônibus e o percurso que faço são "tiro curto".


A saber, os livros da pilha são (lidos em vermelho):

Títulos/Autor dos livros:
1- Funções da linguagem - Samira Shalhub
2- He, achave do conhecimento da psicologia masculina - Robert A. Johnson
3- Panorama da literatura no Brasil - Amauri M. Tonucci Sanchez
4- Um assassinato, um mistério, um casamento - Mark Twain
5- Pipocas - Moacy Scliar, Ruben Fonseca e Ana Miranda
6- Atravessando a rua - Richard Simonetti
7- A vírgem traída - Lauri Grant
8- Pedagogia da autonomia - Paulo Freire
9- Histórias de lenços e ventos - Ilo Krugli
10- Antologia poética - Apparicio Silva Rillo
11- Projeto Sunlight - June Strong

E vocês, qual foi o último livro que leram?

Fiquem com Deus e até mais...


quinta-feira, 5 de setembro de 2013

Momento saúde: sanduíche de peixe

Olá,

ontem eu estava com muitas vontade de comer nuggets e quanto estava no mercado escolhendo qual iria levar me deparei com algo diferente: medalhões de merluza (um tipo de peixe). Comprei para experimentar.
Sei que comida congelada não é a opção mais saudável mas quero dividir com vocês o sanduíche que que fiz com esses empanados:



Eu até gosto de salada, mas não muito e uma forma de inseri-la na minha alimentação sem sofrimento é o sanduíche.

Como tenho intestino preguiçoso é muito importante que eu coma salada pois elas são fonte de fibra que ajudam no processo digestivo.


O que vai no sanduíche:

-Duas fatias de pão integral
Um detalhe importante: sempre olhe os ingredientes, tem que aparecer logo no inicio "farinha de trigo integral", do contrário mesmo que tenha grãos não é pão integral.
-Um medalhão de merluza
Aqui você acrescentar (ou não) o bicho morto da sua preferência, o da vez foi esse empanado de peixe - porque eu adoro peixe.
-Cenoura ralada
Eu cortei um pedacinho da cenoura, descasquei, ralei e usei tudo; pois o que sobra não dá pra usar depois, vai pro lixo.
-Alface, agrião, rúcula e salsinha
Usei sobras de salada que preparei para as marmitas - adoro essa combinação de folhas verdes; você pode usar as que quiser, no mínimo três.
-Uma fatia de queijo chedar (opcional)
Essa nem deveria estar aí, queijo atrapalha a digestão de quem tem intestino preguiçoso  e por isso eu deveria evitar, mas ela estava na geladeira e acabou vindo parar no meu sanduíche e infelizmente eu amo queijo.
- uma "serpentezinha" de 3 em 1 da Hellmann's (katchup, mostarda e maionese)
embora devesse evitar também, eu adoro katchup.
-se quiser pode passar maionese ou requeijão nas fatias de pão que também fica bom
dê preferências às versões light, pois tem menos gordura.

E para acompanhar: uma limonada (segundo minha terapeuta preciso me apaixonar por limão, pois vai me ajudar a emagrecer)

E vocês, gostam de salada?

Fiquem com Deus e até mais...

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Tag: MY NEW LIEBSTER AWARD!

Olá,

estou aqui para responder esta TAG (se é que posso chamar assim), e quem me indicou foi a Candie do Stilo Boneca:

1 . Se você pudesse ir a qualquer lugar do mundo, onde seria ?Eu gostaria muito de conhecer o Brasil mesmo. Tem vários lugares no mundo que acho lindos e adoraria visitar, mas primeiro eu quero conhecer o meu país.

2 . Qual é a coisa mais embaraçosa que já aconteceu com você ?Uma vez, na 1ª ou 2ª série, uma coleguinha me pegou no colo e meu vestido levantou e os meninos que estava perto riram de mim - é o que me lembro agora.

3. Maquiagem essencial que você não pode viver sem ?Saio de cara lavada sem problema, mas o que eu mais gosto é batom e blush.

4.Chocolate ou doce?Chocolate não é doce?

5.O que são seus objetivos para o futuro?Já fiz muitos planos na vida e me frustrei bastante por isso estou dando um tempo. Gosto de planejar mas no momento estou esperando para ver quais oportunidades a vida vai me apresentar.

6. Uma coisa que você se arrepende?De não ter ingressado na faculdade logo que terminei o segundo grau, quando eu tinha mais disposição e tempo disponível para me dedicar e principalmente, estava cheia de sonho.

7. Se você pudesse ir a qualquer concerto , quem seria?Sou fã do Roupa Nova há 15 anos e nunca havia ído a um show deles e esse ano eu vou (o ingresso já está comprado).

8. Onde é o seu lugar favorito no mundo inteiro?Minha casa, sem dúvida!

9. Item de vestuário favorito no momento?Nada específico, desde que me deixe quentinha é a conta. Aqui no sul o frio é de renguear cusco.

10. O que você faz quando você tem tempo livre?
Quando é possível, durmo e acordo tarde. Durante a semana isso é impossível!

11. Canção preferida ?
More than words - Extreme

Eu não irei indicar ninguém para responder, mas se quiser fique à vontade.

Fiquem com Deus e até mais...